Racing Weekend: Braga – Dia 2

Último dia de provas no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, com todas as categorias a voltarem à pista para as segundas corridas do fim de semana desportivo, numa manhã repleta de corridas.

 

CNC: Joaquim Jorge, com um problema no acelerador foi obrigado a regressar às boxes na depois da volta de lançamento, obrigando o piloto a largar de último, fazendo uma corrida de trás para a frente. Quem aproveitou foi Rui Costa que largou na frente e de lá nunca mais saiu. Joaquim Jorge foi o piloto mais rápido e recuperou até a 2ª posição à frente de Rui Alves que fechou o pódio. Na Categoria H71 a vitória sorriu a Sérgio Soares, nos H81 Jorge Cruz foi o primeiro, nos H65 Luís Sousa Ribeiro foi o vencedor, Paulo Sousa venceu o Grupo 5 e Pedro Serrador o Grupo1.

CNC 1300: Foi Paulo Antunes o vencedor nesta corrida ficando à frente de Pedro Miguel Gaspar e Nuno Soares. Pedro Miguel Gaspar foi também o vencedor da classe H71, seguido de Nuno Soares/ Luís Costa e Manuel Fernandes.

13254335_1088157947886850_4713783784519190278_n

 

LCC: João Novo e o imponente Sierra foram os vencedores da segunda corrida dos Legends Cup, sem a concorrência do Mercedes Klass C DTM, que ficou nas boxes. Na segunda posição ficou Herculano Antas e a fechar o top 3, Edgar Florindo. Herculano Dantas foi o vencedor na classe LCC99 seguido de Edgar Florindo e Alexandre Nogueira e a classe especial teve como vencedor Ricardo Dinis, seguido de Tito Gomes e Pépé Guimarães. Nos LCC 90 venceu João Novo, seguido de Micael Baptista e de Sérgio Monteiro/ Abel Marques.

Feup 2 e 3: Nos Feup2 o top 3 foi Diogo Gonçalves, seguido de Paulo Varge e Manuel Sousa. Em Feup3 o vencedor foi Luís Delgado, seguido de António Ferreira e Hélder Moura.

13179252_1087954971240481_3494529591948317928_n

 

CNVT: O 2º dia de prova teve grandes corridas e grandes exibições. Na corrida 3 (primeira do dia) Francisco Mora foi o protagonista, vencendo a prova, seguido de Nuno Baptista e José Rodrigues. O Honda de Rodrigues liderou grande parte da corrida, mas Mora colocou em pista um ritmo excelente e tratou de passar o piloto do Civic TCR. No entanto Francisco Mora foi penalizado em 30 segundos, devido a toques na corrida, perdendo assim a vitória para Nuno Baptista e subindo José Cabral para a 3ª posição.

13244819_1088250137877631_3972416508490384881_n

Na 4ª e última corrida, a vitória sorriu a  Francisco Carvalho. José Rodrigues voltou a fazer um excelente arranque (o piloto Honda parece muito forte nesse capitulo), mas Francisco Mora depressa arrecadou a liderança da prova até bem perto do final, quando foi obrigado a desistir devido a um sobre-aqucimento do seu Leon Cup Racer. Carvalho que seguia em 2º ficou assim na liderança mas apertado por um Rafael Lobato endiabrado, que mesmo com problemas na caixa (problema esse que foi uma constante no carro da Speedy Motorsport, sem solução possível) conseguiu recuperar da 5ª posição, ultrapassando José Rodrigues “no braço”(com Rodrigues a perder várias posições com um pião originado por um toque), indo em busca do melhor lugar possível. Em 3º lugar ficou Manuel Gião.

13240129_1087953971240581_8747379371947326499_n

Terminou assim mais um Racing Weekend com muita emoção e excelentes provas. O próximo encontro é no mítico traçado de Vila Real, para o 46º Circuito Internacional de Vila Real, em conjunto com as provas do WTCC e ETCC.

Fábio Mendes

Chicane Motores para o CIVR

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://www.circuitodevilareal.pt/wp-content/uploads/2017/05/11728841_1608813506073117_1700804965517783206_o.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 350px;}