WTCC – Corrida da Argentina: Análise

O campeonato do mundo de turismos encaminha-se para a sua fase final. O regresso das férias aconteceu em Termas de Rio Hondo, onde vimos duas boas corridas, com muita acção, tal como tem sido hábito ao longo deste ano. Os vencedores foram os homens do costume… ter um Citroen nas mãos significa ter mais hipóteses que a concorrência e este fim de semana provou mais uma vez isso.

 

Citroen – Abram alas para Pechito.

Mais um fim de semana vitorioso para Lopez que já não vencia há algum tempo e fazia questão de recuperar esse hábito em solo natal. Como sempre a Citroen começou os treinos em ritmo moderado subindo gradualmente. Em qualificação Lopez teve a forte concorrência de Guerrieri mas uma penalização arruinou o esforço do estreante, deixando a pole para o compatriota campeão. Um problema no motor obrigou a equipa francesa a mudar o “moinho” do carro 37, mas mesmo partindo de último Lopez não deixou de dar espectáculo ao público da casa, com uma recuperação fenomenal. Na corrida 2 teve de lutar com tudo para passar Michelisz e foi com a ajuda de Muller que o conseguiu. Uma vitória merecida mas que fica algo manchada com a a ordem de equipa a Muller: “Não te preocupes com Muller” ouviu-se no radio de Pechito, num claro sinal que o francês não iria ser um entrave à vitória. A Citroen viu Monteiro vencer em casa e percebeu que ao nível de marketing  era mais proveitoso  ter o Jose Maria que Yvan no primeiro lugar do pódio. Não é bem este tipo de corridas que queremos ver. Por falar em Muller, o homem bem se efsforça mas não consegue atingir o andamento do colega de equipa.

13895332_10153866295202057_7874093932848769980_n

Honda – Nas rectas falta algo

É um problema quase tão antigo quanto a presença da Honda no WTCC. Os anos passam e os japoneses continuam a não dar um motor feroz suficiente para fazer frente aos homens da liderança. A longa recta do traçado de Termas de Rio Hondo deu muito trabalho aos homens da marca nipónica. Huff conseguiu 2 pódios mais que merecidos sendo o melhor piloto Honda do fim de semana e Michelisz merecia melhor sorte depois da luta tremenda com Lopez na corrida principal. Monteiro usou o modo “discreto mas eficaz”, embora ainda tenha tentado algo mais na corrida principal. Mas rapidamente o português ficou remetido para segundo plano e em vez de tentar subir e gastar demasiado os pneus, resolveu gerir e observar de perto os acontecimentos na esperança de poder ficar com as sobras de algum desentendimento. Não é a estratégia mais excitante mas quando não há hipóteses para mais é uma forma inteligente de conquistar pontos. Mas fica no ar algum desalento por ver a Honda a não conseguir fazer frente aos Citroen.

13903318_1353273591368712_8031414736664816757_n

Lada – Uma exibição pálida

Tarquini estava optimista em relação ao potencial do Vesta para a Argentina mas esse optimismo resultou em nada. Duas corridas onde não pudemos ver nada digno de registo por parte da equipa russa e nem sequer Catsburg deu um pontapé no marasmo da equipa. Pontos positivos? O fim de semana já acabou e podem concentrar-se na próxima corrida. Para uma equipa que precisa de mostrar resultado, não foi o fim de semana ideal. E para quem quer ameaçar a Honda pelo 2º lugar nos construtores é muito pouco.

13906664_935544826555710_8753634957421155459_n

Volvo – Mais excitação fora de pista do que dentro

Dentro de pista foi mais do mesmo para os suecos. Rodar pelos últimos lugares da tabela e aprender o máximo possível. Não vimos também nada que merecesse destaque por parte dos homens da Volvo mas há uma notícia que pode ser muito interessante. Nestor Girolami deverá ser piloto da equipa para o ano que vem. O argentino mostrou-se a bom nível no ano passado quando competiu pela Nika Racing e em Vila Real evidenciou-se como um dos homens com mais potencial. O lugar no WTCC este ano não foi possível mas a Volvo lembrou-se do Bebu Girolami e quem sabe poderá ser um reforço de peso para a equipa. Também pode querer dizer que Ekblom está definitivamente fora do projecto e que o 3º carro que a equipa irá apresentar para 2017 terá um argentino ao volante (ou outro nome forte vindo de fora da Volvo). Uma excelente opção por parte dos suecos a confirmar-se.

13895207_1462966217062183_5426981356722083176_n

Privados – Tom & Tom ao ataque

Tom Chilton e Tom Coronel… os dois homens em destaque nos privados. Chilton capitalizou da melhor forma a sua posição na corrida de abertura e conseguiu uma vitória importante para a luta pelo titulo do troféu dos privados e Coronel voltou aos pódios, dando um passo importante para assegurar o top 3 final no Troféu WTCC (privados). Chilton dominou a primeira corrida e venceu sem grandes problemas enquanto que Coronel aproveitou a saída de pista de Muller e Michelisz para agarrar o 2º lugar, tendo ainda de se defender de Huff e Monteiro. Um prémio para um piloto que anima o paddock e que faz o campeonato com as condições mínimas e mesmo assim consegue ser competitivo.

Outro destaque vai para Filippi que esteve perto de conseguir um excelente resultado. A falta de experiência custou caro ao francês, que levou vários toques dos adversários e que lhe retiraram algum ritmo. Mas a forma como se defendeu enquanto teve pneus merece destaque e embora não seja ainda um piloto de top tem potencial para se afirmar no WTCC.

13901593_10153866304952057_866131483800388151_n

Bennani distribuiu “fruta” por toda a gente que lhe passou na frente dando vários toques nos adversários (por momentos até pensávamos que era o Muller). Mantém-se líder do campeonato mas tem a forte concorrência de um Chilton cada vez mais adaptado ao carro.

Por fim destaque para Guerrieri que surpreendeu tudo e todos nos treinos e na qualificação mas que infelizmente não conseguiu traduzir isso nas corridas. Ficou claro que tem potencial e qualquer equipa do WTCC deverá olhar para o argentino com alguma atenção pois mostrar o ritmo que mostrou em qualificação com um Chevrolet não é para todos.

 

Classificação geral do WTCC: https://www.fiawtcc.com/standings/

 

 

Fábio Mendes

Chicane Motores para o CIVR

 

 

 

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://www.circuitodevilareal.pt/wp-content/uploads/2017/05/11728841_1608813506073117_1700804965517783206_o.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 350px;}