WTCC: Poucas alterações nos lastros competitivos

Foram anunciados hoje os lastros competitivos para a ronda alemã do WTCC, que irá novamente ter como palco o mítico Inferno Verde de Nordshleife. Nos carros da frente os pesos ficarão inalterados, com a Citroën a manter-se nos 80Kg (algo que nos parece dificilmente vá mudar durante o ano) e os Honda a ficarem também nos 40kg. Embora tenha conseguido a pole em Marrocos, o carro está 0.4 seg. mais lento que o C-Elysée e como tal, as diferenças de pesos manter-se-ão inalteradas.

A Lada vai ter um acréscimo de 10 Kg em relação à ronda anterior, isto por culpa de Valente. O francês continua a abusar na chapa batida, mas conseguiu fazer a melhor volta da corrida em Marraquexe, o que levou ao aumento de peso do Vesta.

11203173_10152951182842057_3193581108770505003_n

Em relação aos Volvos e Chevrolets, tudo na mesma, com 0Kg de lastro. É normal que estes lastros não venham a sofrer muitas alterações pois está mais ou menos visto que as diferenças entre os carros estabilizaram e esta fórmula tem resultado, proporcionando corridas interessantes.

Nordshleife vai ser um circuito exigente com os motores, em especial na enorme recta Döttinger Höhe e quem tiver mais peso poderá ficar prejudicado na velocidade de ponta nesta secção, assim como na parte sinuosa onde um chassis bem equilibrado é fundamental.

Citroën C-Elysée WTCC – 0.0 – +80kg – 1,180kg
Honda Civic WTCC – 0.4 – +40kg – 1,140kg
Lada Vesta WTCC – 0.4 – +40kg – 1,140kg
Volvo S60 Polestar TC1 – 1.1 – +0kg – 1,100kg
Chevrolet RML Cruze TC1 – 1.1 – +0kg – 1,110kg

Fábio Mendes

Chicane Motores para o CIVR

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://www.circuitodevilareal.pt/wp-content/uploads/2017/05/11728841_1608813506073117_1700804965517783206_o.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 350px;}